.Músicas

Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

Medicamentos de Tratamento do cancro da Mama

Antiestrogénios

 Embora de uso relativamente recente, substâncias que bloqueiam a acção de estrogénios e dotados de reduzida toxicidade começam a ser utilizadas como tratamento de primeira linha na terapêutica hormonal do cancro da mama, quer como adjuvante quer como tratamento na doença metastática. Actuam como inibidores competitivos da ligação do estradiol aos receptores do estrogénio.

O tamoxifeno é administrado por via oral e é usado no tratamento do cancro da mama tanto na pré-menopausa como na pós-menopausa. Como efeitos adversos pode causar hemorragias vaginais ou supressão da menstruação em mulheres pré-menopausicas, alterações gastrintestinais e diminuição da contagem de plaquetas.

 

TAMOXIFENO

 

Ind.: Cancro da mama.

R. Adv.: Afrontamento, fadiga, hemorragias vaginais, supressão da menstruação, alterações gastrintestinais, trombocitopénia.

Contra-Ind. e Prec.: Gravidez e aleitamento.

Interac.: Anticoagulantes (aumenta o efeito destes fármacos); aminoglutetimida (reduz a concentração plasmática do tamoxifeno).

Posol.: 20 mg/dia.

Orais sólidas - 10 mg

NOLVADEX (MSRM); AstraZeneca

Comp. - Blister - 20 unid; €8,8 (€0,44); 40% - PR €6,87

Comp. - Blister - 60 unid; €21,64 (€0,3607); 40% - PR €16,89

TAMOXIFENO GENERIS 10 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Generis

Comp. - Frasco - 60 unid; €14,06 (€0,2343); 40% - PR €16,89

TAMOXIFENO LABESFAL 10 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Labesfal

Comp. - Blister - 20 unid; €6,87 (€0,3435); 40% - PR €6,87

Comp. - Blister - 60 unid; €16,89 (€0,2815); 40% - PR €16,89

TAMOXIFENO TAMOXAN 10 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Tecnimede

Comp. - Blister - 60 unid; €16,89 (€0,2815); 40% - PR €16,89

Orais sólidas - 20 mg

NOLVADEX D (MSRM); AstraZeneca

Comp. - Blister - 30 unid; €21,86 (€0,7287); 40% - PR €17,06

TAMOXIFENO FARMOZ 20 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Farmoz

Comp. - Blister - 20 unid; €9,95 (€0,4975); 40% - PR €11,37

Comp. - Blister - 60 unid; €25,57 (€0,4262); 40% - PR €25,57

TAMOXIFENO GENERIS 20 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Generis

Comp. - Frasco - 60 unid; €25,57 (€0,4262); 40% - PR €25,57

TAMOXIFENO LABESFAL 20 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Labesfal

Comp. - Blister - 30 unid; €17,06 (€0,5687); 40% - PR €17,06

TAMOXIFENO TAMOXAN 20 MG COMPRIMIDOS (MSRM); Tecnimede

Comp. - Blister - 20 unid; €11,37 (€0,5685); 40% - PR €11,37

Comp. - Blister - 60 unid; €25,57 (€0,4262); 40% - PR €25,57

publicado por Leandro às 13:24

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Medicamentos de Tratamento do cancro da Mama

 

Inibidores da aromatase

 

A aromatase é uma enzima que metaboliza a passagem de androgénios a estrogénios.

A aminoglutetimida actua por inibição da conversão dos androgénios em estrogénios nos tecidos periféricos. É utilizada como tratamento de segunda linha no cancro da próstata. No tratamento do cancro da mama tem sido substituída pelo novos inibidores da aromatase que são melhor tolerados. É administrada por via oral. São comuns efeitos adversos nas primeiras duas semanas de tratamento, tais como febre, letargia ou rash que, normalmente, desaparecem espontaneamente com o decorrer do tratamento. É indutora das enzimas hepáticas, pelo que pode ser necessário ajustar a posologia de outros fármacos eventualmente associados. É um supressor da função suprarrenal, pelo que é necessário tratamento de substituição com corticosteróides.

O trilostano, tal como a aminoglutetimida, exerce efeitos bloqueadores da suprarrenal, pelo que também se impõe terapêutica de substituição com corticosteróides. É utilizado no tratamento do cancro da mama pós-menopausa.

O letrozol, o anastrozol, o exemestano e o formestano são exemplos dos novos inibidores da aromatase. O primeiro é administrado por via IM e os últimos por via oral.

 ANASTROZOL

 Ind.: Cancro da mama pós-menopausa, refractário a anti-estrogénios, cancro da próstata.

R. Adv.: Afrontamento, atrofia vaginal, anorexia, náuseas, vómitos, diarreia, astenia,

sonolência, cefaleias.

Contra-Ind. e Prec.: Pré-menopausa, gravidez, aleitamento, IR ou IH.

Posol.: Via oral: 1 mg/dia.

 Orais sólidas - 1 mg

ARIMIDEX (MSRM); AstraZeneca

Comp. revest. - Blister - 20 unid; €105,47 (€5,2735); 40%

Comp. revest. - Blister - 30 unid; €155,81 (€5,1937); 40%

 

EXEMESTANO

 Ind.: Cancro da mama pós-menopausa, refractário a anti-estrogénios; cancro da próstata.

R. Adv.: Afrontamento, atrofia vaginal, anorexia, náuseas, vómitos, diarreia, astenia,

sonolência, cefaleias, leucopenia.

Contra-Ind. e Prec.: Pré-menopausa, gravidez, aleitamento, IR ou IH.

Posol.: Via oral: 25 mg, 1 vez/dia.

 Orais sólidas - 25 mg

AROMASIN (MSRM); Lab. Pfizer

Comp. revest. - Blister - 30 unid; €166,77 (€5,559); 40%

 

LETROZOL

 Ind.: Cancro da mama em mulheres pós-menopausicas.

R. Adv.: Cefaleias, náuseas, vómitos, diarreia, astenia, fadiga, edema periférico, prurido.

Contra-Ind. e Prec.: Mulheres pré-menopausicas, gravidez, aleitamento, IR grave, IH

moderada ou grave.

Posol.: 2,5 mg/dia.

 Orais sólidas - 2.5 mg

FEMARA (MSRM); Novartis Farma

Comp. revest. - Blister - 30 unid; €155,8 (€5,1933); 40%

publicado por Leandro às 13:16

link do post | comentar | favorito
|

Não usar se tiver cancro da Mama

GINSENG

 

Não há indicações terapêuticas reconhecidas. Nalguns países é utilizado como

 

Ind.:

 

 

suplemento alimentar.

R. Adv.:

 

 

Ansiedade, cefaleias, hipertensão, hipoglicemia, insónia, irritabilidade, mastalgia,

Contra-Ind. e Prec.:

da mama, miomas, doença fibroquística da mama ou endometriose. Os doentes que vão ser

submetidos a anestesia geral devem suspender o ginseng cerca de 15 dias antes.

O ginseng tem actividade estrogénica e é desaconselhado no cancro

Interac.:

Parece diminuir a acção dos diuréticos da ansa.

Diminui a anticoagulação da varfina; aumenta as concentrações de digoxina.

Posol.:

Não aplicável face às indicações.

hemorragia vaginal.

publicado por Leandro às 12:54

link do post | comentar | favorito
|

Não usar se tiver cancro da Mama

RALOXIFENO

 

 

 

O raloxifeno é um dos fármacos com afinidade para receptores de estrogénios exercendo

efeitos ao nível do osso, promovendo o aumento da densidade mineral, e no metabolismo do

colesterol; indicado na prevenção de fracturas vertebrais, nas mulheres pós-menopausa com

risco elevado de osteoporose.

Ind.:

 

 

Prevenção de fracturas em mulheres pós-menopausicas com risco de osteoporose.

R. Adv.:

inferiores.

Tromboembolismo venoso, tromboflebites, afrontamentos e cãibras nos membros

Contra-Ind. e Prec.:

de imobilização prolongada deve proceder-se a períodos de suspensão de tratamento. Está

contra-indicado em hemorragias uterinas não diagnosticadas, no cancro da mama ou do

Interac.:

raloxifeno. Antagoniza o efeito dos anticoagulantes.

A colestiramina ou outras resinas de troca iónica reduzem a absorção do

endométrio, na gravidez e aleitamento e ainda na IH ou IR e colestase.

O tromboembolismo venoso pode ser um factor de risco. Em situações

publicado por Leandro às 12:48

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Julho de 2008

Hospital S. João reforça serviço diagnóstico

O Hospital S. João (HSJ), Porto, vai concentrar brevemente no mesmo local todas as fases do processo de diagnóstico do cancro da mama, tornando-o mais fácil e rápido, disse hoje à agência Lusa fonte da unidade.

Maria João Cardoso, coordenadora do Grupo de Patologia Mamária do HSJ, referiu que o centro de diagnóstico vai ter um espaço diferente, provisoriamente instalado em contentores, que permitirá fazer o diagnóstico «no máximo em duas consultas».

«Significa que as senhoras vão ter tudo mais rápido e no mesmo sítio», salientou a responsável, explicando que a análise dos resultados será discutida de imediato pelo radiologista, pelo clínico (cirurgião) e pelo patologista.

As novas instalações do centro de diagnóstico vão ser dotadas de um novo aparelho de mamografia e ecografia, recentemente doado pela Laço, associação de voluntariado criada em 2000 para «ajudar a melhorar a prevenção, diagnóstico e tratamento do cancro da mama em Portugal».

«Inicialmente, vamos abrir todas as manhãs, até às 14:00. Mais tarde, se for necessário, vamos abrir também à tarde», referiu.

O centro de diagnóstico do Grupo de Patologia Mamária espera receber e diagnosticar «seis novas primeiras pessoas por dia», o que corresponde a cerca de 1.500 por ano, disse Maria João Cardoso.

Actualmente, o centro regista por ano cerca de 200 novos casos de cancro da mama, a maioria dos quais de mulheres já referenciadas por médicos nos centros de saúde.

No Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, situado junto ao HSJ, são detectados anualmente cerca de 700 novos casos de cancro da mama, referiu a responsável.

«Quando se aumenta a capacidade de diagnóstico, é natural que aumente também o número de casos detectados», afirmou Maria João Cardoso, referindo que não é ainda possível prever quantos novos casos serão detectados.

Fonte: Diário Digital / Lusa

 

publicado por Leandro às 18:37

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Maio de 2008

Cuidados com as unhas

Alguns medicamentos provocam uma pigmentação acrescida, de tal modo que as unhas ficam mais escuras. O tratamento de quimioterapia, pode também ter repercussões nas unhas que ficam com estrias, secas e partem com facilidade, podendo até cair.

Se as unhas estiverem secas ou quebradiças, não deve usar acetona e vernizes à base de álcool. Os cremes específicos para as unhas podem ser úteis nestes casos.

As unhas postiças são desaconselhadas durante tratamentos de quimioterapia ou radioterapia. Se quiser usar unhas postiças, use cola que se dissolva na água, e se forem postiças fixas, deve removê-las antes do início dos tratamentos.

Muitos dos tratamentos de quimioterapia são acompanhados por uma diminuição de glóbulos brancos e plaquetas. Deve, por isso, ter muito cuidado quando tratar das suas unhas, tendo como objectivo evitar o risco de infecção ou hemorragia.

 

Unhas das mãos

 

Para cuidar das unhas, comece por mergulhar as mãos durante dois minutos em água morna e seque-as com a ajuda de um toalhete suave. Use pequenas limas de unhas descartáveis de cartão para as encurtar. São menos rígidas do que as de metal e menos agressivas que o corta unhas diminuindo o risco de partir uma unha.

Deve limar as unhas de baixo para cima, sempre na mesma direcção. O facto de limar num sentido e depois noutro, torna as unhas frágeis e quebradiças.

Massaje as unhas delicadamente com um óleo especial ou com um óleo para bebé, deixando actuar durante dois minutos.

A remoção de cutículas das unhas é desaconselhada, sobretudo se as suas plaquetas e glóbulos brancos estiverem baixos. Deve optar sempre por as afastar com um objecto apropriado não cortante. Verifique sempre se mantém a sua pele intacta para evitar qualquer infecção.

Se gosta da jardinagem deve usar sempre luvas especialmente concebidas para esse efeito.

 

Unhas dos pés

 

Evite cortar as unhas dos pés muito curtas, assim como fazê-lo com corta unhas, deve usar de preferência uma tesoura e, para os cantos, deve usar uma lima.

As unhas são mais fáceis de cortar se mergulhar os pés em água, durante cerca de dez minutos.

Se tiver possibilidade confie os cuidados dos seus pés a um podologista ou a uma pedicura.

 

publicado por Leandro às 09:33

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Laço receberá 1,5€ por cada tonelada embalagens recicladas

           A Sociedade Ponto Verde (SPV) vai doar a uma associação de luta contra o cancro da mama 1,5 euros por cada tonelada de embalagens recicladas este ano, com o objectivo de fomentar o rastreio da doença.
"Duas causas por uma causa" é o nome da parceria formalizada ontem, 16 de Abril, entre a associação Laço, os sistemas municipais (que fazem a recolha das embalagens separadas para reciclagem) e a SPV.
          "As mulheres são as mais preocupadas com as questões ambientais e as directamente visadas na prevenção do cancro da mama. Faz todo o sentido unir as duas causas e contribuir para aumentar o número de mulheres portuguesas que tem acesso ao rastreio", explicou Luís Veiga Martins, Director-Geral da SPV.

         Segundo a SPV, o valor angariado nesta campanha destina-se à aquisição de duas novas unidades de rastreio móvel, no valor de 390 mil euros, que vão permitir fazer o rastreio a mais 20 mil mulheres anualmente.
 
Retirado de, Diário Digital/Lusa
publicado por Leandro às 11:18

link do post | comentar | favorito
|

2 causas por 1 causa

 

publicado por Leandro às 11:05

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Maquilhagem e cuidados com o rosto

Um rosto com uma forma irregular ou assimétrica pode ser equilibrado harmoniosamente com a ajuda de maquilhagem.

           A escolha de uma base depende da cor da sua pele, se ela for mate ou brilhante. É importante salientar que os tratamentos de quimioterapia podem modificar a cor da sua pele. É prudente escolher a cor da sua base de maquilhagem antes do início dos mesmos. A sua conselheira de beleza irá explicar-lhe como usar os diferentes geles, cremes, lápis, etc. A regra fundamental é a seguinte: maquilhe-se: de forma ligeira! As cores devem ser utilizadas com harmonia.

Uma maquilhagem leve pode fazer milagres, mas as cores e as dosagens têm de ser harmoniosas. Pode aconselhar-se com uma consultora de beleza ou com uma esteticista: estas podem mostrar-lhe os produtos que a favorecem mais.

A maquilhagem pode ajudá-la a esconder pequenas manchas que podem surgir com os tratamentos de quimioterapia. Ela pode representar um ponto positivo na sua imagem perante os outros. Deve reforçar a sua aparência cuidada, a sua autoconfiança em qualquer situação.

 

N.B: Nunca opte por uma maquilhagem permanente. Esta é feita por uma técnica de tatuagem que é demasiado agressiva para uma pele que se tornou extremamente sensível pelos tratamentos de quimioterapia.

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Leandro às 11:20

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

Cuidados com o rosto

Limpe cuidadosamente a pele antes de se maquilhar. Geralmente aconselha-se fazer uma limpeza duas vezes por dia. É preferível não usar sabão, mas sim água morna e um leite desmaquilhante ou uma solução suave. Escolha produtos sem álcool.

Trate da pele da cara com delicadeza, sobretudo se tiver falta de plaquetas. Conseguirá desta forma prevenir a aparição de pequenos hematomas e nódoas negras.

Após a limpeza, aplique um creme hidratante para impedir que a pele fique seca.

Escolha o creme em função do seu tipo de pele (seca, normal, oleosa...). Os produtos hidratantes são mais eficazes quando aplicados na pele ligeiramente húmida.

Aplicar delicadamente o produto na cara e no pescoço, para que este penetre melhor, vá massajando com pequenos movimentos de cima para o exterior.

 

Diferentes tipos de rostos:

 

  

1- Oval puro

2-Em forma de diamante

3- Triângulo com base mais longa

4- Quadrado: redondo com recantos planos

5- Redondo puro

6- Cara longa, oval no comprimento

7- Triângulo invertido

 

 

 

 

 

publicado por Leandro às 20:39

link do post | comentar | favorito
|

.Visitas:

.Mapa de Visitantes


Profile Visitor Map - Click to view visits
Create your own visitor map

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Medicamentos de Tratament...

. Medicamentos de Tratament...

. Não usar se tiver cancro ...

. Não usar se tiver cancro ...

. Hospital S. João reforça ...

. Cuidados com as unhas

. Laço receberá 1,5€ por ca...

. 2 causas por 1 causa

. Maquilhagem e cuidados co...

. Cuidados com o rosto

.links

.arquivos

. Agosto 2009

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Deixe Mensagem!


blogs SAPO